Quem já se deliciou com uma verdadeira pizza italiana sabe que ela deveria estar entre as 7 maravilhas do mundo. Não é à toa que a Itália lançou oficialmente a candidatura dessa deliciosa comida típica como Patrimônio da Humanidade e acaba de ter concedido o lugar no rol do Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco! As pizzas italianas, como são conhecidas hoje, possuem uma tradição de mais de 5 séculos. Podemos dizer que a Pizza Italiana é quase da mesma idade que o descobrimento do Brasil, sendo os dois acontecimentos dos anos de 1500. A pizza que estamos falando especificamente é a de Nápoles, de massa grossa e leve, borda generosa, molho especial e sabor incomparável. A Unesco, ao manifestar-se a respeito da entrada da Pizza no rol do Patrimônio Imaterial da Humanidade alegou que a arte de fazer pizzas e manter a cultura culinária italiana une seu povo e mantém viva a energia dos ancestrais italianos. Veja mais abaixo detalhes sobre esse acontecimento:

O PATRIMÔNIO MAIS DELICIOSO DA HUMANIDADE

No século XIX foi inventada a Pizza Margherita, aquela que leva tomate, mozzarela de búfala e manjericão. Sua criação foi em homenagem à rainha italiana Margherita de Savoia, que adorava esses ingredientes e colocava sempre em suas massas. Mas a tradição de fazer pizzas data do século XVI, de acordo com os responsáveis pela solicitação à Unesco. De acordo com os mesmos, o trabalho de Pizzaiolo era passado de pai para filho, e é isso que mantem a real magia das pizzas italianas. E haja tradição, já que na Itália são vendidas 5 milhões de pizzas todos os dias! Uma delas, inclusive, foi enviada para a Estação Espacial Internacional para comemorar a entrada no rol do Patrimônio da Humanidade da Unesco. Temos certeza que depois de tanto tempo comendo apenas comidas enlatadas e processadas, os astronautas tiveram um felicíssimo dia da Pizza.

A PIZZA NAPOLETANA É A MESMA DA ROMANA?

Não me venha cometer uma atrocidade dessas! A pizza napoletana é conhecida por ser a primeira de todas, quer seja em método, sabor ou mesmo balanceamento da receita. Esta, é feita com uma massa que se assemelha ao pão, sem adicionar gorduras, e descansando por até mesmo 3 dias inteiros. Os pizzaiolos de raiz usam apenas fermento natural, conhecido como Massa Madre. Para assar, a massa passa meros 60 segundos em um forno de 450 graus. O resultado é uma massa deliciosa que vai super bem com um vinho tinto! Por outro lado, a pizza romana tem uma massa que é chamada de folha de papel. Super fininha, baixa e hiper crocante. Uma delícia com vinhos brancos. Ainda existem os mistos de massas, que são meio que uma intermediária, nem muito grossa, nem muito fina. Um exemplo de pizzaria que faz pizzas com essa massa é a Dar Poeta, que fica em Roma!

JÁ PEDIU SUA PIZZA?

A batalha para saber qual a melhor pizza entre a napoletana e a romana ainda está longe de acabar, mas você pode facilmente ir correndo lá na Itália descobrir qual a que melhor te apetece. Seria a massa fofinha e leve da pizza napoletana? Ou seria a massa romana com seus sabores diferenciados? Isso você só saberá chegando lá! Caso ainda não esteja com seu passaporte italiano em mãos, ou se ainda não deu início ao processo de cidadania, fale conosco e daremos um jeito nisso! Já pode ir pedindo sua pizza pra buscar lá, ainda estará quentinha quando conseguirmos seu agendamento! :P Qualquer dúvida sobre nossos procedimentos, fale conosco no [email protected]! Nossos atendentes estão à postos  esperando seu e-mail para falar contigo! Nos vemos em breve (: