Ter um passaporte com o qual se possa viajar para o maior número de países possível, sem precisar de visto, é um forte desejo de qualquer viajante. Por isso, muitas pessoas se perguntam como tirar o passaporte italiano, tamanho é o seu poder.

Com esse documento, você pode ir a 144 países sem necessidade de uma permissão formal. Isso coloca o passaporte da Itália no ranking dos 5 passaportes mais poderosos do mundo, ao lado da Suécia, que permite a entrada no mesmo número de nações.

A diferença não é grande em relação aos líderes da lista, Estados Unidos e Reino Unido. Cada um permite a entrada em 147 países sem a necessidade de visto, ou seja, três a mais do que a Itália. Uma particularidade do documento italiano é a precisão de apenas uma autorização de viagem para ir aos Estados Unidos. O visto não é exigido. Saiba agora como tirar o passaporte italiano e ter acesso a todos esses benefícios.

Quais os tipos de passaporte existentes?

Tanto no Brasil quanto em outros países, o passaporte tem algumas variações, basicamente no que se refere à cor da capa. Este critério é utilizado para identificar alguma particularidade e uma tonalidade é determinada principalmente por interesses internos. As cores mais frequentes são vermelho, verde, azul e preto. Dependendo do país, as variações dessas cores podem ser diferentes.

Vermelho O passaporte italiano segue o padrão da União Europeia.

Esse é a cor mais usada pelos países integrantes da União Europeia, da qual a Itália faz parte. Porém a tonalidade não é tão viva e se aproxima do vinho.

Durante a Guerra Fria, o vermelho era a cor usada nos passaportes dos países comunistas e até hoje é presente nos documentos das nações que tinham ou têm essa condição, como China, Rússia e Bulgária. A Turquia também tem o passaporte de capa vermelha, mesmo não sendo parte da União Europeia.

Azul

A cor é mais usada nas Américas, inclusive o Brasil, por estar no Mercosul. Sendo assim, Argentina, Uruguai e Paraguai também a adotam. Os países da América Central que fazem parte da CARICOM (Comunidade do Caribe) também contam com passaportes azuis. Os Estados Unidos também têm documentos com capa dessa cor desde 1976, quando celebrou o bicentenário de sua independência. Antes disso, o documento era verde.

Preto

É usada com menos frequência do que as demais. Nos Estados Unidos, quem tem vantagens diplomáticas possui passaporte dessa cor. Também é muito comum na África, em nações como Angola e Congo. Países como Nova Zelândia e México também adotaram a cor para estampar a capa de seus documentos.

Verde

É uma cor constante em países cujos habitantes seguem o islamismo. Acredita-se que essa fosse a cor preferida do profeta Maomé, por isso as bandeiras dessas nações também têm a participação do verde. Estão na lista Arábia Saudita, Paquistão, Marrocos e Egito. Alguns países africanos também têm passaportes verdes, como Costa do Marfim e Gana.

Documentos necessários para tirar um passaporte italiano

Antes de mais nada, para se tirar o passaporte italiano no Brasil há alguns requisitos. O mais importante deles é ter o registro no consulado do país atualizado com todas as informações sobre casamento, divórcio, nascimento de filhos, óbitos e informações pessoais.

Isso é tão importante que é impossível dar andamento no processo se esses dados não estiverem atualizados. O mais complicado é que não é possível atualizar e continuar no mesmo dia. Será necessário agendar um outro dia para prosseguir.

Também é preciso ser cidadão italiano, nato ou com reconhecimento adquirido. Confira agora a lista de documentos para tirar o passaporte italiano no caso de maiores de 18 anos:

  • Formulário de inscrição preenchido e assinado sob supervisão do atendente consular;
  • Documento de identidade original – são aceitos RG e RNE, além de carta de condução e carteira de identidade italiana dentro do prazo de validade e com menos de 10 anos de emissão. Também é exigida uma fotocópia simples de ambos os lados do documento;
  • 2 fotos com dimensões de 4,5 x 3,5 cm. Elas não devem estar datadas e devem ter fundo branco. Também precisam ser recentes, a cores e frontais.
  • Comprovante de residência no nome do emitente, com menos de 3 meses de emissão. É necessário apresentar original e cópia;
  • Passaporte italiano anterior, caso não seja a primeira vez que esteja tirando o documento, e fotocópia simples das 5 primeiras páginas;
  • Passaporte de outro país, caso tenha, dentro do prazo de validade. O original deve ser apresentado, assim como uma fotocópia simples da primeira página;
  • Taxa de inscrição paga. Isso pode ser feito no dia do agendamento, com cartão de débito ou boleto bancário.

Como tirar passaporte para menores de idade?

Desde 2009, é obrigatório que menores de idade tenham passaporte italiano para crianças e adolescentes com até 18 anos. Sendo assim, ao viajar para qualquer país, isso deverá ser feito, pois não se pode mais inscrever um menor no documento de um adulto, mesmo se for um dos pais.

O objetivo maior dessa medida é trazer mais segurança para os menores, principalmente no que se refere ao sequestro e à retenção internacional. Para tirar um passaporte italiano de um menor de idade o procedimento é o mesmo que o de um adulto, bem como a documentação exigida.

A principal diferença é em relação ao prazo de validade do documento, que varia não só em relação aos maiores, como também de acordo com a faixa etária da criança ou adolescente. Um outro aspecto que vale ser mencionado é que o comprovante de residência deve estar em nome do genitor. Evidentemente, dele deve ser cidadão italiano.

Em caso de ausência do pai ou da mãe, é necessária uma autorização por escrito do genitor ausente, chamada Ato de Assentimento a Favor do Filho Menor. Caso um deles seja falecido, é obrigatório apresentar a certidão de óbito. Isso foi determinado principalmente em função das mudanças físicas pelas quais o menor passa, que muitas vezes dificulta a identificação através da foto do passaporte.

Documentos de crianças até 3 anos de idade têm validade de 3 anos. Já para a faixa etária que corresponde dos 3 aos 18 anos, o documento pode ser usado por até 60 meses.

Como fazer o requerimento do passaporte?

Não é um processo difícil, mas precisa de muita paciência e tempo, pois, devido à grande procura, não é possível a conclusão em poucos dias. Acompanhe os passos necessários para se tirar passaporte italiano.

Agendamento

Uma comodidade nesse procedimento é a possibilidade de programar tudo pela Internet. Como já mencionado, a concorrência é muito grande, mas é possível conseguir uma data. Quando isso acontece, deve-se adiantar o processo preenchendo informações pessoais no site do consulado italiano.

Normalmente, são exigidos o número e a data de emissão da carteira de identidade, assim como telefone celular e número de filhos menores. Também é preciso informar a profissão, a escolaridade, a cor dos olhos e, se tiver passaporte italiano, o número e a data de validade. Se tiver passaporte brasileiro, é opcional informar número e data de validade.

Monitoramento

Um incômodo nesse processo é o fato de não ter horários fixos para a liberação do documento. Por isso, para ficar por dentro do status da requisição, é necessário monitorar todos os dias a liberação no site do consulado. O grande número de pessoas que desejam tirar passaporte italiano é também uma causa dessa demora para o documento ficar pronto.

Recebimento

No entanto, não é preciso mais se deslocar para retirar o passaporte. O requerente recebe o documento em casa pelo correio. Geralmente, o prazo de recebimento é de 40 dias. Quando esse prazo é ultrapassado, é aconselhável entrar em contato com o escritório responsável o quanto antes, para que alguma providência seja tomada.

As taxas para tirar passaporte italiano podem ser pagas em cartões de débito ou boleto bancário – na primeira opção, a porcentagem cobrada pela administradora, de aproximadamente 2%, fica sob responsabilidade do requerente. Os valores são cobrados em euros. O livreto custa 42,50 euros e a taxa administrativa, 73,50.

O que fazer caso você perca o passaporte?

É muito desagradável perder um documento, mas há uma probabilidade de isso acontecer. Perder um passaporte no decorrer de uma viagem, então, causa um grande transtorno. Entretanto, tudo isso é solucionável. A primeira ação, neste caso, é lembrar o local onde possivelmente o documento tenha desaparecido.

Procurar a seção de achados e perdidos, nesses casos, é uma boa alternativa. Mas, se mesmo assim o passaporte não for encontrado, é necessário informar o consulado, depois, claro, de fazer um boletim de ocorrência. É importante saber os dados do passaporte, principalmente o número.

Para facilitar o processo, é importante ter uma cópia simples das páginas que contêm essas informações. No consulado, são exigidas duas fotos para a emissão de um novo documento, em caráter emergencial. Também é obrigatório pagar a taxa exigida.

Deixe a Prenota4u fazer o seu agendamento

Para tirar o passaporte italiano de maneira muito mais tranquila e sem dores de cabeça, a Prenota4u realiza esse processo para você. Dessa maneira, toda a burocracia e outros incômodos comuns são eliminados. Isso é possível tanto para a primeira emissão quanto para a renovação do passaporte.

A Prenota4u atua em todos os consulados da Itália no Brasil, trazendo comodidade para todos os seus clientes. Entre em contato e saiba mais sobre esse serviço. E para ter mais informações sobre como tirar passaporte italiano, leia os outros textos do blog e fique por dentro de qualquer novidade ao visitar o site e ter acesso a conteúdo novo e exclusivo. Comente ou entre em contato se ficou alguma dúvida.

Afinal, nada é mais importante do que fazer o processo corretamente, sem maiores problemas.