A crise econômica que tem assolado o Brasil nos últimos anos é a responsável pelo interesse de muitos cidadãos brasileiros em emigrar, acreditando que podem ter uma vida melhor em outros países. Um dos grandes atrativos para os brasileiros é a Itália.

Mudar-se para esse país pode significar sim um futuro melhor, uma qualidade de vida mais elevada. Obviamente, portadores da cidadania italiana têm sua entrada facilitada no país. No entanto, para realizar essa mudança é necessário organização e planejamento.

Você precisará de documentos para não se tornar um imigrante ilegal e, caso seja apanhado, arcar com as penalidades cabíveis.

7 empregos com alta demanda na Itália

Para quem está disposto a tentar uma vida nova, separamos 7 empregos na Itália que apresentam maior demanda por profissionais.

Padeiro – Panettiere

Trabalhar como padeiro na Itália pode ser uma ótima oportunidade de obter bons lucros. Muitas vezes, essa profissão vem acompanhada de algumas desvantagens – trocar o dia pela noite é uma delas. Entretanto, se você for o tipo de pessoa que gosta de trabalhar durante a madrugada, essa área pode ser recompensadora.

O salário para essa profissão varia de 1500€ a 2500 € por mês. Apesar de parecer um valor modesto para os padrões italianos, essa profissão não depende de diplomas, podendo ser exercida por diferentes pessoas. A profissão de padeiro tem alta demanda no mercado de trabalho da Itália.

Cozinheiro – Cuoco

A Itália é um dos berços sagrados da gastronomia. Por isso, trabalhar como cozinheiro pode ser um grande salto em seu currículo. No país, há os mais variados tipos de restaurantes, especializados em muitos pratos diferentes.

Os italianos adoram jantar fora. Esse é um traço marcante da personalidade do italiano. Assim, tornar-se cuoco pode ser extremamente rentável. Cozinheiro também pode gerar bons lucros na Itália.

Encanador – Idraulico

A profissão de encanador também está inserida num mercado de alta demanda no país. Há quem diga que, se você precisar de um encanador, pode ser que você precise esperar alguns dias para conseguir um profissional qualificado.

Como essa profissão é muito requerida na Itália, ela pode lhe garantir muitos lucros e uma remuneração bem interessante. Encanador, outra profissão com alta demanda em terras italianas.

Mecânico de automóveis – Mecchanico

Essa também é uma profissão muito boa para aqueles que querem procurar um emprego na Itália. O país é conhecido por ser a sede de importantes empresas do ramo automotivo, como a Ferrari, Lamborghini, Alfa Romeo e Fiat.

O importante é não focar somente em carros, mas em trabalhar com diferentes veículos automotivos, já que as motos também são um grande atrativo para os jovens italianos. O trabalho é bem pesado, mas pode garantir uma boa recompensa financeira. Mecânico de automóveis, trabalho pesado, porém vantajoso.

Marceneiro – Falegname

Outra profissão com alta demanda na Itália, apesar de bastante cansativa. O mercado italiano tem bastante procura por esses profissionais, principalmente aqueles que são responsáveis, honestos e rápidos no serviço. Se você tem essas qualidades e é um falegname de experiência, poderá conseguir bons lucros com essa profissão.

Profissão com alta demanda, o marceneiro também tem um ótimo espaço no mercado italiano.

Costureiro – Sarta

Outra profissão bastante requisitada e que conta com poucos profissionais gabaritados é a de costureiro, que na Itália será basicamente trabalha confeccionando roupas e vestidos ou consertando peças usadas. Para profissionais mais empreendedores é possível iniciar uma oficina de costura própria ou, se preferir,procurar emprego em empresas voltadas para esse ramo.

Várias oportunidades para costureiros também podem ser encontradas em solo italiano.

Esteticista – Estetista

A Itália é conhecida por ser um dos países em que mais se gasta com produtos de beleza. Graças a esses, dados podemos concluir que trabalhar como estetista no país é uma boa pedida. Os empregos geralmente são encontrados em salões de beleza ou como contratados para festas, eventos ou casamentos. Uma noiva italiana gasta em média 500 € no dia de seu casamento. Considerado o sétimo país que mais consome produtos de beleza, a profissão esteticista se apresenta como uma boa oportunidade no país.

Como procurar emprego na Itália

Se você está interessado em encontar um emprego na Itália, há muitas opções de sites que podem lhe ajudar a procurar as melhores oportunidades. Entretanto, tenha em mente que no caso dos imigrantes é preciso apresentar alguns requisitos, caso contrário você poderá ser barrado logo no processo seletivo. Uma das primeiras coisas a fazer é conseguir um visto de trabalho na Itália.

Isso é necessário para quem não tem cidadania italiana ou não é cidadão de nenhum outro país pertencente à comunidade europeia. O visto pode ser dividido em três categorias: lavoro “subordinato”, lavoro “autonomo” e lavoro “stagionale”.

É importante destacar que você não precisa estar na Itália para mandar o seu currículo – todo esse processo pode ser feito diretamente do Brasil desde que seu perfil seja compatível com a vaga ofertada. Aliás é muito mais simples obter o visto de trabalho você conseguir um trabalho direto na Itália, pois a empresa enviará um contrato de trabalho, fazendo com que o procedimento seja muito mais rápido e tranquilo.

De toda forma com o visto em mãos, ou pelo menos em tramite (no caso de você ainda não ter conseguido o emprego na Itália), você pode agir de duas formas:

De qualquer forma, a melhor maneira de conseguir trabalhar na Itália e não ter nenhum problema é tornando-se um trabalhador legal, buscando todas as informações possíveis sobre como proceder com as documentações.

Você ficou com alguma dúvida sobre como trabalhar na Itália? Precisa de mais informações a respeito dos documentos de trabalho ou teria alguma sugestão de emprego com alta demanda no país? Deixe o seu comentário. Sua participação é muito importante para nós!

Compartilhe este texto em suas redes sociais e continue acompanhando nossos artigos, que são atualizados regularmente.