Em Ambroise, na França, uma das mentes mais brilhantes morreu, e foi lá que os dois presidentes (tanto o da França quanto o da Itália) se reuniram para debater como farão as festividades acontecerem em prol dos 500 anos da morte de Leonardo Da Vinci. Veja nesse texto mais detalhes dos eventos que vão acontecer nesses dois países durante esse ano de 2019.

Em 2 de maio de 1519 o mundo acordava para um dia com um gênio a menos. Era Leonardo da Vinci que havia morrido, mas que deixava para trás um legado imbatível. Até os dias de hoje, olhamos para a história de vida desse personagem incrível e não conseguimos se quer compará-lo a qualquer outro indivíduo de nossa história.

À época de sua morte, também era essa a sensação. O Rei Francisco, supostamente teria dito que: ‘Nunca nasceu no mundo outro homem que soubesse tanto quanto Leonardo, nem tanto [por seus conhecimentos] de pintura, escultura e arquitetura, mas por ele ter sido um grande filósofo.’

DA VINCI E SUA HISTÓRIA INCRÍVEL

Tendo começado seu aprendizado com Verrocchio, em 1466, Da Vinci teve acesso aos mais diversos mestres, e todos eles, de reconhecimento internacional. Quer seja por ter passado sua juventude em Florença, aprendendo com as obras de Donatello e Masaccio, ou mesmo pelas suas últimas experiências em Belvedere, no Vaticano em Roma.

Como resultado de seus estudos e conhecimentos, nossa sociedade hoje conta com obras como:

  • Salvator Mundi;
  • Mona Lisa;
  • A Última Ceia;
  • Homem Vitruviano;
  • Dama com Arminho;
  • São João Batista;
  • Ginevra de’Benci;
  • entre outros.

O Presidente da França, Emmanuel Macron, juntamente com Sergio Mattarella, presidente italiano, começam a comemoração conjunta nessa semana, ainda que depois de alguns meses de crescentes tensões diplomáticas entre os dois países.

Mais especificamente, entre Paris e Roma, onde de acordo com os jornais locais, o atrito e as discussões acaloradas dos políticos se mostravam as mais tensas desde o final da Segunda Guerra Mundial.

MOMENTO DE RECONCILIAÇÃO E OS 500 ANOS DA MORTE DE DA VINCI

E que momento mais propício para reconciliar esses dois países que no quinto centenário da morte de Da Vinci, não é mesmo? Ainda que italiano, o dentre tantos outros títulos, arquiteto Leonardo, era conhecido como arquiteto do Rei, pelos trabalhos e projetos que fez para o Rei Sol do século XVI, Rei Francisco I.

Leonardo tinha 64 anos quando começou para trabalhar para o então jovem rei Francisco, que foi o monarca conhecido por levar o Renascimento à França.

Nesse aniversário de 500 anos da morte de Da Vinci, Itália e França chegaram num acordo onde o Louvre exibirá as obras de Leonardo, vindas dos museus italianos. O portfólio chega perto de 20 pinturas e 22 desenhos.

O Louvre já foi alvo de muitas reclamações, pelo fato de que das menos de 20 pinturas de Leonardo, 5 estão no citado museu e não em território italiano.

MUITO ALÉM DE MONA LISA, OUTROS LEGADOS CIENTÍFICOS SOBREVIVERAM A MORTE DE DA VINCI

Polímata é uma pessoa cujo conhecimento não pode ser restringido a uma única área, e essa é literalmente a definição de Da Vinci. Tendo morrido aos 67, seus estudos influenciam nossa sociedade até hoje. Veja algumas das áreas nas quais o mesmo é conhecido por revolucionar:

  1. ESTUDOS DO CÉREBRO: Tendo sido o primeiro a compreender o funcionamento do nervo olfativo, Da Vinci conseguiu determinar forma e tamanhos gerais dos ventrículos cerebrais. Até hoje muitos cientistas lutam para responder perguntas semelhantes, e ainda que dotados de tecnologias mais atualizadas, necessitam investir nas qualidades de Da Vinci: capacidade de visualizar conhecimento, pensamento claro, curiosidade, e por fim, uma paixão imensurável pelo conhecimento;
  2. MEIOS PARA ECONOMIZAR ÁGUA: Se hoje falar de escassez de água ainda causa certo ceticismo, imagine há 500 anos atrás. Mas Leonardo da Vinci já estava à frente de seu tempo, estudando a mecânica dos fluidos e tendo sido o primeiro cientista na história a notar o Salton Hidráulico, que é o fenômeno que faz a água se espalhar antes de ir em direção ao ralo;
  3. MÁQUINAS VOADORAS: Achava que o pioneirismo acabava na dinâmica dos fluidos? Não não, Da Vinci também se aventurou na aeronáutica, criando engenhocas que tinham potencial de voo. Hoje em dia, depois de algumas tentativas, foi comprovado que essas máquinas nunca voariam, mas é impressionante como mais de 300 anos de Santos Dumont e os Irmãos Wilbur, ou mesmo Orville Wright, da Vinci já esboçava equipamentos voadores, paraquedas e planadores;
  4. ENERGIA SOLAR: Sim, Da Vinci também foi precursor da ideia de utilizar energia solar para aquecimento de água, com o objetivo de diminuir a necessidade de cortar árvores;
  5. CORAÇÃO: Sendo o responsável pelos primeiros desenhos a demonstrar com precisão a estrutura e o funcionamento do coração humano, Leonardo Da Vinci foi capaz de desenhar imagens do coração tão detalhadas que hoje, com o advento da tecnologia de diagnósticos, é possível interpretá-la e ver todos os itens presentes no coração tanto fruto das imagens modernas quanto dos desenhos de Da Vinci.

E esses são apenas 5 outras áreas de conhecimento. Da Vinci se aventurou também pela física, estudando as leis do atrito; reinventou a roda, de forma que passaram a ser usados os rolamentos; deu início ao estudo da robótica, através de engenhocas movidas à corda; aprofundou-se nas regras de repetição da natureza; estudou a guerra e as formas de aprimoramento; assim como, criou engenhocas para navegação marítima.

UMA TERRA DE MENTES ATEMPORAIS

Sendo o país de muitas mentes geniais do renascentismo, como Alessandro di Mariano di Vanni Felipepi, Michelangelo di Lodovico, Nicolau Maquiavel, Galileu Galilei e muitos outros, certamente a morte de da Vinci não será a única a ser lembrada.

Não é a toa que o país recebe mais de 37 milhões de turistas anualmente, ansiosos por ver as obras dessas mentes, assim como, rever as suas raízes.

Os turistas que vão à Itália pelo segundo fato citado, em sua maioria, são Brasileiros! Isso mesmo! Isso vem de um único fato: somos dotados da maior população italiana fora da Itália!

Se você, assim como muitos outros brasileiros, possui cidadania italiana, fala conosco pelo [email protected] sempre que precisar de qualquer serviço burocrático perante o consulado italiano. Quer seja renovação de seu passaporte, atualização de seu stato civile, ou mesmo de seu AIRE.

Estamos aqui, com nossa equipe de especialistas, para te ajudar no que precisar! :D

Nos falamos em breve, ok? :P

Até mais!