Em 1870 chegaram os primeiros italianos no Brasil, e com eles o fluxo de renda vindo do exterior que movimentou nossa economia desde os primórdios de nosso país. Os italianos, assim como os demais imigrantes, deixaram seus países para tentar uma nova vida no novo continente. Mas, quais foram as implicações até os dias de hoje? Após mais de 20 anos de lutas para a unificação, a Itália possuía uma população rural pobre e tinha grandes dificuldades para sobreviver economicamente. As pessoas que possuíam pequenas propriedades simplesmente trabalhavam para se sustentar, e enquanto as pessoas nas cidades procuravam empregos incessantemente num país em pós unificação. Com isso, não só a emigração vinha a ser estimulada pelo governo como era uma das únicas saídas para a sobrevivência de diversas famílias. Foi desse contexto que saíram cerca de 7 milhões de italianos para a América do Sul entre 1860 e 1920.

A IMIGRAÇÃO ITALIANA E A CHEGADA NO BRASIL

Chegando principalmente no sul, os italianos instalaram-se nas principais colônias de imigrantes que já existiam. Fundadas em áreas como a Serra Gaúcha, Garibaldi e Bento Gonçalves. A principal área de onde vinham esses italianos era Vêneto, no norte da Itália. O governo, depois de perceber o grande número de imigrantes, criou uma nova colônia exclusivamente italiana em Caxias do Sul. Nessa região, temos até hoje o cultivo de uvas para a produção de vinhos. Apesar de ter sido o sul que recebeu os primeiros italianos, foi o sudeste que recebeu mais imigrantes desse país em questão de números. Por isso vemos uma população tão densa de descendentes de italianos em Estados como Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A Argentina foi o segundo destino mais importante da imigração italiana, logo depois do Brasil. Lá, mais de 2 milhões de italianos desembarcaram e começaram suas vidas no mesmo período que o citado acima.

QUEM ERAM OS EMIGRANTES?

Em sua maior parte os camponeses, aqueles que possuíam finanças suficientes para fazer tal investimento. Muitos vendiam seus terrenos ou adiantavam uma herança. Outros emigrantes eram os trabalhadores braçais e agricultores. Mas nem só da população rural eram compostos os navios de transporte. Alguns italianos chegavam no Brasil dispostos a criar pequenas empresas e prosperar na nova terra. Esses eram os empreendedores, que conseguiram criar empresas de grande porte, como por exemplo, Francesco Matarazzo e seus irmãos, que emigraram para o Brasil em 1881 e construíram um verdadeiro império industrial em solo paulista.

A EXPANSÃO E A DECADÊNCIA

Depois de expandir-se e criar pequenas comunidades em todo o Brasil, os italianos acabaram influenciando a forma como enxergamos desde nossas santidades até mesmo festividades. Esse povo de extrema importância em nossa história trouxe em suas bagagens muitas características que hoje são indispensáveis à nossa cultura. Até mesmo o “tchau” que falamos vem do “ciao” italiano. A pizza que comemos, nosso panettone, espaguete e afins. A expansão dos italianos em nosso solo acabou diminuindo quando se espalharam na Itália notícias das péssimas condições de trabalho e moradia em nosso solo. As condições que tratavam imigrantes como semiescravos nas fazendas de café eram divulgadas na imprensa italiana e com isso, a imigração diminuiu drasticamente. Com a Segunda Guerra mundial o fim dessa imigração foi declarado como oficial. Hoje esse fenômeno é comemorado todo dia 21 de Fevereiro, no Dia Nacional do Imigrante Italiano.

OS DIAS DE HOJE

Estima-se que existam cerca de 25 milhões de descendentes de italianos, e sua maior concentração continua sendo no sul e no sudeste. Ainda que a maior parte seja descendente de imigrantes vindos de Vêneto, temos muitos descendentes de famílias da Campania, Calábria e Lombardia. Com as tecnologias atuais e o fácil acesso às informações temos vários meios para descobrir inclusive de qual navio veio o seu antepassado italiano. Podemos facilmente citar o Arquivo Digital do CISEI, o Arquivo Digital do Centre Altreitalie, e outros. Deseja mais detalhes sobre esses meios de pesquisa? Deixe seu comentário abaixo, assim como dicas para um próximo texto e ficaremos felizes em redigir um novo artigo com um tema afim!

É DESCENDENTE DE ITALIANOS? CONTE COM A PRENOTA4U

Como deu para notar, a população italiana é uma das mais influentes de nosso país. Tendo participado de nossa construção e constituição como país hoje, os italianos e seus descendentes hoje fazem parte de nossa cultura e sociedade. Se você é um desses descendentes, sabe bem que precisa sempre estar em dia com o consulado, certo? Para não ter nenhuma dor de cabeça com o lidar burocrático, lembre sempre de contar com a Prenota4u, quer seja na atualização de seu Stato Civile, emissão de passaporte, questões ligadas ao AIRE e afins. Qualquer dúvida, entre em contato conosco no [email protected]! Estamos esperando seu e-mail desde já, ok? (: Um grande abraço e até a próxima!