Sendo uma das maiores colônias italianas do Brasil, Jundiaí foi colonizada pelo povo no século XVII, e com eles, surgiram as primeiras lavouras de subsistência na região. Antes da chegada dos italianos, ali viviam tupi-guaranis que cultivavam milho e mandioca, cultivos que foram adaptados pelo povo da Itália. Sabia que essa mistura hoje gera frutos? Um deles é o ensino de italiano! Tendo absorvido todo conhecimento necessário para viver em solo brasileiro dos índios que aqui viviam, os italianos conseguiram prosperar muito bem em Jundiaí, construindo belas cidades e utilizando das técnicas rudimentares de agricultura que já eram adotadas pelos índios, como a Queimada, por exemplo. Com essa evolução rápida, os italianos conseguiram construir uma sociedade sólida e rica em histórias e memórias. Hoje, 75% da população jundiaiense é descendente de italianos. É por isso que na região temos a Festa da Uva e a Festa dela Colonia Italiana. Agora, depois do anúncio da rede pública de ensino de Jundiaí, existem ainda mais motivos para comemorar.

OS JUNDIAENSES ESTÃO SEGUINDO TENDÊNCIAS GLOBALIZADAS E ADOTARAM O ENSINO DE ITALIANO EM SUA REDE PÚBLICA

ensino de italiano Depois da assinatura de um convênio realizada este mês, crianças do Ensino Fundamental da Rede de Ensino de Jundiaí poderão ter aulas de italiano durante todo o ano letivo. O acordo foi feito entre o embaixador da Itália no Brasil e pelo Prefeito Luiz Fernando Machado. Essas personalidades participaram da abertura oficial da Segunda Semana de Atualização Pedagógica e selaram o convênio que pode mudar a vida de centenas de crianças, e consequentemente, futuro de todo um grupo social. Manter o desenvolvimento de Jundiaí é a principal motivação do prefeito local, que procurou, com essa decisão, oferecer o ensino da língua aos pequenos moradores, que enfrentarão um futuro ainda mais desafiador que os dias de hoje.

REAVIVANDO OS LAÇOS COM O PASSADO

Como bem disse Antonio Bernardini, embaixador italiano, celebrar um convênio como esse é interessante, pois “São importantes os laços afetivos, ancestrais e culturais. Mas hoje damos um passo à frente, olhando ao futuro, e pensando também nos laços econômicos. Estou muito feliz com o que está acontecendo aqui”. Em falando em Laços Econômicos, o embaixador ainda discute parcerias comerciais com empresários da região que têm interesse de participar dos negócios crescentes na Itália. Segundo ele, os empresários locais devem voltar seus olhares com atenção para as oportunidades que surgem no setor elétrico, já que é principalmente nesse campo que as parcerias entre brasileiros e italianos têm sido celebradas com maior calor. Esse caminho de parcerias não é de via única, já que hoje temos 14 empresas de matriz italiana em Jundiaí. O objetivo de celebrar mais e mais convênios é tornar esse tipo de ocorrência cada vez mais comum.

O FUTURO É ITALO-BRASILEIRO?

As relações entre o Brasil e a Itália têm se aproximado cada vez mais, quer seja com as parcerias econômicas, com o ensino da língua na rede pública de nosso solo, a maior facilidade para estudar em universidades do país, ou mesmo com a eleição do primeiro Ao que tudo indica, sim! E se você tem alguma relação com essa união entre a Itália e o Brasil, que tal celebrar isso? Esteja sempre em dia com o governo italiano e suas exigências e não deixe de gozar nenhum direito de nascimento. Quer seja a emissão de seu passaporte, direito de residência em solo italiano ou afins. Se estiver com dificuldades em fazer a manutenção de sua situação perante o consulado italiano, não deixe de falar com quem entende: nós da Prenota4u! Qualquer serviço consular que venha a precisar, fale conosco no [email protected]! Nossa equipe está esperando seu contato!