As festividades do final do ano costumam ser diretamente relacionadas aos doces deliciosos da ceia de natal, certo? Existem aqueles que contam os meses para comer um Panetone ou ver as lojas de chocolate se enchendo de Chocotones de todos os tamanhos e sabores. Mas você sabe de onde veem esses deliciosos pratos? Grande parte de nossa culinária natalina vem do Natal Italiano, já que por lá, realmente toda a festividade é sobre doces e sabores florais. Os doces típicos que vemos hoje centralizados em uma única data veem de uma série de regiões e províncias que criaram suas versões e pratos para estrelar na ceia. Viaje conosco nessas delícias do Natal italiano! Separamos algumas regiões específicas para que você aprenda um pouco mais da gastronomia desse país durante a festividade.

PROVÍNCIA DE ABRUZO

Girando em torno de pãeszinhos fritos com geléia de uva preta, grão de bico, nozes, amêndoas moídas ou cacau, os conhecidos Calcionettis são doces típicos italianos que nasceram lá na região de Abruzzo ou Abruzo. Pela região você também encontra os Scrippelle. Ainda que no Brasil tais doces não sejam tão famosos, na região sul são um pouco mais conhecidos, e na Argentina já fazem parte da culinária local. Resultado de imagem para Scrippelle

PIEMONTE

Doce nascido de uma antiga lenda onde dizia-se que uma lenha de madeira deveria queimar na chaminé de natal para trazer sorte, o Tronchentto di Natale é como um Rocambole ou Bolo de Rolo, que vemos aqui no Brasil. Os ingredientes tipicamente italianos são castanhas, chocolate, queijo mascarpone e chantilly. Resultado de imagem para Tronchetto di Natale A combinação de nozes, sementes e cremes feitos de leite é responsável por trazer um sabor delicioso e aveludado.

PANETONE

Resultado de imagem para italian PANETTONE Tradicional e indispensável ao Natal, foi criado em Verona e fruto de um erro de um padeiro ao fazer uma espécie de pão em sua cozinha. De acordo com o mito, um humilde assistente de Padeiro, chamado Toni, trabalhara por horas a fio na véspera de Natal. Na confusão dos pedidos, colocou uvas passas na massa dos pães e, tentando salvar a situação, jogou frutas cristalizadas, manteiga, ovos e outros ingredientes que seriam utilizados em receitas de tortas. No final, o pão fruto de um improviso foi um grande sucesso na região e o padeiro resolveu dar o nome à massa de Pane di Toni (Pão do Toni), e com o passar do tempo, condensou-se em Panetone. O sucesso se tornou mundial principalmente com as Guerras que acometeram nosso mundo, as quais, fizeram muitos italianos emigrarem e levar consigo a deliciosa receita de panetone em suas malas. Hoje somos capazes de provar do feliz erro de Toni em nossas mesas nas festividades anuais! OBS: A Bauducco, grande empresa que comercializa Panetones em nosso país também é uma empresa clássica italiana, que segue uma receita tradicional. Seu fundador Carlo Bauducco é um italiano que prega a confecção do pão clássico da Itália!

E PRA QUEM AMA UM SALGADO, COMO FICA?

Ué, para vocês, nada como uma Lasagna à Bolognesa ou napolitana, assim como um Cappone, que nada mais é que o Peru de Natal, presente na maioria das mesas das famílias brasileiras na Noite de Natal. Este, foi concebido lá na Lombardia, Toscana. Resultado de imagem para Lasanha à Bolonhesa A única diferença é que em alguns lugares o Cappone é servido cozido, noutros, assado.

APROVEITE O SEU NATAL À MODA ITALIANA

Como deu para notar, o Natal brasileiro é bem próximo do italiano, compartilhando de muitos dos pratos festivos. Uma outra coisa que não muda é a tradição de reunir a família, desejar amor e prosperidade a todos e espalhar carinho por aí. Esses também são os votos da Prenota4u para com todos os clientes! Saiba que nesse ano de 2019 que se aproxima, estaremos aqui para você e sua família, caso precise de qualquer serviço consular! (: Que nesse ano vocês possuam muitas oportunidades, prosperidade e felicidade! Te desejamos um Feliz Natal e um próspero Ano Novo! Um grande abraço e até mais (: