Quando o assunto é emigração e cidadania italiana, nós estamos sempre de olho, certo? É por isso que o Decreto Salvini, aprovado neste ano de 2018, é tão importante para todos nós. Se tem curiosidade em saber tudo o que mudou com este decreto, leia esse artigo e tenha acesso a todas as informações. Tendo sido aprovado na última semana de Setembro, o decreto-lei Salvini alterou alguns vários pontos do processo de reconhecimento de cidadania italiana, e é extremamente importante estar ciente de todos eles, caso ainda esteja em busca de sua cidadania. O ponto principal, e mais sofrido, é que o processo de reconhecimento pode ficar ainda mais demorado. Ele agora pode levar até 4 anos... O Decreto Salvini é um decreto criado pelo Ministro do Interior da Itália, chamado de Matteo Salvini, saí o nome do decreto. Possuindo 42 artigos e tratando sobre a segurança interna italiana, o citado decreto procura regular o processo de imigração, por conta da crise dos refugiados que está acontecendo na Europa como um todo.

MAS EM FATO, O QUE MUDA COM O DECRETO SALVANI?

[caption id="attachment_10586" align="alignnone" width="663"] o decreto salvani e a imigração na Italia[/caption] Bem, uma série de coisas. Matteo Salvini é o líder do partido Liga Norte, que é conhecido por ser um pouco mais conservador. Ele, em suas redes sociais, disse que o decreto tem por objetivo criar uma Itália mais segura e completamente livre de terrorismo. Seu partido é bem conhecido por suas opiniões anti-imigração. É por isso que o decreto, infelizmente, procura complicar um pouco mais a entrada no país. O documento vai limitar os pedidos de asilo e rejeitar imediatamente qualquer pedido de migrantes que:
  • Tenham cometido algum crime de abuso sexual;
  • Que tenham posse de drogas;
  • Que tenham se envolvido com atos de terrorismo;
  • Ou, que tenham cometido crimes considerados graves.
Além disso, qualquer condenado por crimes de terrorismo, perderá a cidadania italiana. Com essas mudanças, abrem-se as portas para uma maior facilidade na suspensão de pedidos ou expulsão imediata de indivíduos considerados de perigo social. No que concerne à cidadania italiana e seus pedidos de reconhecimento, as mudanças mais relevantes são no tempo que pode levar. Num primeiro ponto temos o prazo de reconhecimento para 2 a 4 anos em consulados ou em municípios italianos, sendo esse prazo equiparado ao de naturalização por matrimônio. Com relação ao valor, o Decreto Salvini aumenta de 200 para 250 euros a taxa para concessão de cidadania italiana por matrimônio, sendo o mesmo válido para cidadania por tempo de residência.

PORQUE TAMANHA PREOCUPAÇÃO COM A ENTRADA DE IMIGRANTES?

Com o Mar Mediterrâneo bem ao lado, existe uma grande travessia de cidadãos de outros países tentando chegar na Itália e na União Europeia como um todo. Milhares de pessoas morrem na travessia, chegam doentes, órfãs ou extremamente debilitadas, precisando de auxílio local. Principalmente vindos da Síria, Iraque, Guiné, Tunísia, Afeganistão, Mali, Eritreia e Marrocos, os imigrantes e refugiados são uma discussão mundial no momento. A Itália, em resumo, está procurando reduzir seus gastos com ajuda humanitária, deixando de ser vista como um campo de refugiados. Os pedidos de asilo agora só serão concedidos a cidadãos que fogem de desastres naturais ou calamidades, que estejam doentes, sejam vítima de exploração de trabalho, de tráfico humano ou de violência doméstica.

DÊ ENTRADA EM SEU PROCESSO DE CIDADANIA LOGO!

Se você ainda não tem cidadania italiana, dê entrada o quanto antes, e use, para isso, uma assessoria que sabe o que faz! Nós da Cidadania4u, em parceria com a Prenota4u podemos te ajudar tanto em seus processos para reconhecimento de cidadania, naturalização por matrimônio, ou mesmo em casos de renovação e emissão de passaporte. Está com dúvida a respeito de algum serviço do consulado italiano? Não pense duas vezes. Fale conosco e ficaremos felizes em te ajudar! Nossa equipe está te esperando no [email protected] (: