Tal qual a nossa amada Veneza, que como comentamos aqui no blog, começará a limitar a entrada de turistas, o charmoso conjunto de vilas de Cinque Terre pode fazer o mesmo. Adotando medidas para controlar o fluxo de turistas e preservar as estruturas, o governo local surpreendeu tanto nativos quanto estrangeiros.

Por ano, Cinque Terre atrai mais de 3 milhões de visitantes. Esses turistas costumam visitar todas as pequenas vilas da região, que são Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Passando por Riomaggiore, Manarola, Vernazza, Corniglia e Monterosso, os turistas acabam movimentando a economia, mas trazem consigo também alguns malefícios.

Pelo acesso ser primordialmente de trem, a prefeita de Riomaggiore, Fabrizia Pecunia, veio a emitir uma ordem ao serviço ferroviário: por motivos de segurança, quando o número de viajantes atingisse o máximo, que desse um alerta.

A empresa operadora dos trens, por outro lado, rejeitou a ordem.

UMA QUESTÃO MAIS COMPLICADA QUE A VENEZIANA

Enquanto em Veneza a questão fora um pouco mais simples e direta, agindo com foco nos turistas e na estadia ou não dos mesmos na cidade, a questão de Riomaggiore e das outras vilas de Cinque Terre depende da colaboração da Ferrovie, a empresa que opera os trens e leva os turistas à região.

Pecunia, que pedira aos turistas que reservassem os bilhetes com antecedência para que fosse possível ter um controle de fluxo dos turistas e de limites, acabou batendo de frente com a Ferrovie, que acionou a justiça, dando início a uma batalha jurídica que pode perdurar um bom tempo.

De toda forma, a prefeita de Riomaggiore disse que “Iremos adiante”, e ainda ressaltou que os outros prefeitos de Cinque Terre querem a gestão compartilhada do Parque Nacional, que é o território que dá acesso às cinco vilas.

Ainda que esta esteja sendo uma questão de mais difícil resolução que a da capital de Vêneto, devemos ver resultados positivos para a iniciativa de Fabrizia Pecunia brevemente. Afinal de contas, é apenas com medidas que ensejam a parcimônia e o cuidado que conseguiremos manter a história de nossos antepassados preservada.

Cidades antigas de todo o mundo acabam sofrendo com o grande fluxo de turistas, e não falamos só da Itália, como também de Machu Picchu por exemplo. Portanto, tomemos cuidado e preservemos sempre o legado de nossos ancestrais para que as próximas gerações também possam usufruir dele.

VISITEMOS A CIDADE DE NOSSOS ANCESTRAIS COM RESPEITO

Se você é descendente de italianos assim como a gente, sabe como é uma delícia visitar o país de nossos ancestrais, se perder pelas ruelas das vilas, comer da gastronomia local e imaginar como era estar ali para os nossos distantes parentes.

Quando nos deparamos com questões como a de Cinque Terre ou mesmo de Veneza, percebemos da importância de manter o respeito pela cidade e preservar cada cantinho ao máximo.

Caso esteja com viagem marcada para a Itália, não esqueça de ter isso em mente! Vamos juntos preservar nossas cidades italianas.

Outra coisa que não pode esquecer é de ter seu passaporte italiano renovado! Para isso, lembre de que é necessário estar com o seu AIRE plenamente em dia, tal qual seu Registro Civil.

Para qualquer que seja o serviço necessário, a Prenota4u pode te ajudar nisso! Fale com nossos especialistas no [email protected] e receba auxílio de nossa equipe em qualquer que seja a sua demanda.

Aguardamos seu contato desde já!

Um grande abraço e até mais! :D