Nos primórdios de nossa história, nossos nomes de família significavam muito mais do que qual nossa ascendência, mas pelo que nossa família era conhecida por. Possivelmente até os marcos que criamos no mundo. No que tínhamos a propensão em ser bons em, e assim por diante. Que tal falarmos um pouco sobre eles – os brasões de família! Sobrenomes italianos são muito peculiares e chamam atenção sempre que estão presentes no nome de uma pessoa. Se você tem um sobrenome italiano, já deve ter sido questionado “De onde vem sua família?”, ou mesmo “O que faziam seus antepassados?” Essas informações são facilmente descobertas, realmente, pelo sobrenome. Era bem típico no passado ver famílias inteiras se dedicando a uma atividade em específico, ou vivendo em uma região muito particular, marcando então uma grande característica na família. Os Brasões de Armas, ou simplesmente brasões, vêm de uma tradição europeia tradicional, e seu desenho costuma obedecer algumas regras específicas. Falaremos disso mais abaixo.

O QUE SÃO OS BRASÕES DE FAMÍLIA?

Geralmente colocado num suporte em forma de escudo, representa a arma de defesa homônima usada pelos guerreiros medievais. Mas pode ser também representada sobre bandeiras, vestuários, elementos arquitetônicos, objetos pessoais e até mesmo mobília. Era comum nos séculos passados ter brasões pintados ou cosidos sobre cotas de malha. Não se sabe, com rigor, quando essa prática teve início, mas existem vários estudos na área da Heráldica (estudo de brasões) que buscam as origens desses atos. Sabe-se que alguns elementos são perceptíveis na maior parte dos brasões e que você pode facilmente estudar e apontar nos seus:
  1. Grito de Guerra: Uma palavra ou frase curta de incentivo ao combate ou à ação. Normalmente vem sobre um conjunto de armas;
  2. Timbre: Representa os emblemas que os cavaleiros colocavam no topo de seus elmos para serem identificados em torneiros, o timbre é colocado sobre o virol e pode ser figurado de forma naturalista;
  3. Coroa: Ou mesmo Coronel, representa a categoria da entidade representada pelo brasão. Se for uma coroa, costuma se vincular a uma entidade soberana;
  4. Paquifes: Reproduzindo o tecido que alguns cavaleiros colocavam sobre os elmos pra se proteger do calor, costumam ser representados por duas cores, uma em metal e a outra em esmalte;
  5. Condecorações: Sendo a reprodução das insígnias que a entidade ou família representada detém, são colocadas em colares à volta do escudo, pendentes do mesmo, ou caso sejam cruzes, atrás do escudo, apenas com pontas aparentes;
  6. Insígnias: Representando o cargo que uma pessoa representada pelo brasão detém, além de ser comum representa-los como dois objetos cruzados atrás do escudo;
  7. Pavilhão: Representando uma tenda de campanha medieval ou um pavilhão mesmo, é normalmente representado a envolver o escudo e outros elementos exteriores. No seu topo a coroa corresponde à entidade representada.
O escudo italiano é tão característico que se tornou uma classificação de Brasão, sendo conhecido como Cabeça de Cavalo, por ter o formado aproximado da parte frontal da cabeça de um cavalo. O começo de sua utilização se deu durante o renascimento, e esse tipo de escudo tinha esse formato baseado nas peças de armadura que protegiam os cavalos na batalha.

COMO FAÇO PARA DESCOBRIR O BRASÃO DE MINHA FAMÍLIA?

Bem, primeiro você deve descobrir qual a correta grafia de seu sobrenome. Muitas vezes no registro aqui do Brasil os sobrenomes originais se perderam, então tenha certeza de que está pesquisando pelo nome de grafia correta na internet, a fim de não se deparar com um Brasão de outra família. Assim que souber a grafia correta do sobrenome de sua família, é só procurar por um site como o Nomes e Brasões, que são especializados em Heráldica e podem te fornecer o brasão de sua família sem custos. Descobrir a real origem de seu sobrenome nem sempre é algo simples, e existem diversas formas de fazê-lo. Se tiver vontade de saber mais sobre seus ancestrais, assim como as raízes de sua família, não hesite em falar conosco aqui da Cidadania4u pelo [email protected] e peça a construção da sua árvore genealógica! Agora, se você já conhece tudo sobre sua família, assim como, já tem sua cidadania italiana reconhecida, não esqueça de estar sempre com sua situação em dia com o consulado. Quer seja em se falando do Aire ou do Registro Civil. Para estar sempre tranquilo com relação a isso, conte com a Prenota4u, que é especializada nesse lidar burocrático frente ao consulado! Mande um email para [email protected] e faça já seu orçamento! :P